Greenpeace viabiliza ajuda emergencial para populações indígenas na Amazônia

Luana Leal Greenpeace Brasil • 29 Maio 2020
3 comentários
20 curtidas

Fala galera, tudo bem com vocês?

Pensando na atual circunstância em que estamos vivendo e nas populações que se encontram mais vulneráveis nesse período, o Greenpeace viabilizou, através do projeto Asas da Emergência, ajuda emergencial para os povos indígenas na Amazônia. 

O objetivo é viabilizar o transporte de profissionais e equipamentos de saúde e, dessa forma, diminuir os impactos da pandemia em áreas mais remotas. Dentre as doações estão máscaras, luvas, álcool em gel e insumos básicos de sobrevivência.

A maioria das comunidades indígenas está inserida em um cenário preocupante, onde a possibilidade de genocídio infelizmente é real. Pelo menos 77 indígenas já faleceram e 308 foram contaminados pela Covid-19, totalizando 34 povos atingidos, segundo dados sistematizados pela Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib) até o último dia 11.

Cabe ressaltar que todas as nossas ações têm seguido os mais rigorosos preceitos de segurança sanitária, que passam por diferentes etapas: descontaminação do avião e dos materiais que serão transportados; utilização de todos os equipamentos de proteção individual necessários; e não entrada em territórios indígenas.

© Chico Batata / Greenpeace

Pensando na segurança e proteção da vida de todos os povos indígenas, seguimos firmes com nossa missão de defender a floresta, seus Guardiões e a vida no planeta. Para saber mais sobre o projeto Asas da Emergência, você pode acessar nosso blog e instagram, onde estão sendo reportadas todas as ações da Organização.  

E se você ainda não viu nosso último Chega Mais!, que trouxe a Carol Marçal - coordenadora da campanha de Florestas - para falar justamente sobre os impactos da crise da Covid-19 na vida das populações indígenas, chega mais e vem ver! 

Em momentos difíceis, precisamos ser solidários e fortalecer nosso senso de humanidade. 

A união e solidariedade de cada um faz toda a diferença <3


E você, como tem se mobilizado? Comente aqui nos comentários e aproveite para deixar sua mensagem de apoio :)