Crime Ambiental - Tartarugas Ameaçadas

Marcos Pereira • 10 Junho 2020
0 comentários
3 curtidas

CRIME AMBIENTAL

Tartarugas Marinhas Ameaçadas

Redes do tipo "feiticeira" instaladas na praia do Gravatá, próximas a Ilha do Miraguaia, provocaram a morte de quatro tartarugas verdes. A ilha é um conhecido reduto da espécie. Nesta época do ano os pescadores artesanais ganham licenças para fazer a pesca da tainha. O problema são os pescadores gananciosos, que infringem a lei, instalando as redes feiticeiras para capturar mais peixes, a prática desse ato trás consequências sérias para as tartarugas, que se enroscam nas redes e morrem.

O Grupo de Voluntários de Navegantes já havia comunicado o órgão ambiental competente sobre esse fato. Hoje pela manhã foram encontradas quatro tartarugas, o grupo entrou com representação no Ministério Público para que providências sejam tomadas.

Não se pode permitir que a lei seja violada e a espécie seja prejudicada, o Grupo está atento a novas infrações e permanecerá cobrando dos órgãos públicos que seja feita a devida fiscalização e os infratores sejam punidos.

 

Arquivos