Decreto proibindo fogo na Amazônia não funciona!

Rafael Fernandes Greenpeace Brasil • 17 Julho 2020
0 comentários
10 curtidas
1 visualização

Menos de 10 dias depois de o governo de Mato Grosso proibir queimadas no estado, sobrevoos feitos pelo Greenpeace registraram diversos focos de incêndio na floresta amazônica.

Com mais de 4 mil focos de incêndio até o dia 13 de julho, Mato Grosso já conta com o maior número de queimadas na Amazônia brasileira este ano, representando quase 50% de todas as queimadas na região em 2020.

Ao contrário do que muitos pensam, incêndios não ocorrem de forma natural na Amazônia. O fogo é ateado por fazendeiros e grileiros para remover a floresta ou quando ela já está derrubada e seca pelo sol, visando aumentar as áreas de pastagem ou agrícola, especulação de terras e grilagem. 

Infelizmente, a prática se tornou ainda mais comum e facilitada com a falta de fiscalização e desmantelamento dos órgãos ambientais promovido pelo governo Bolsonaro. 


Mais informações: https://www.greenpeace.org/brasil/blog/criminosos-nao-sao-conhecidos-por-seguirem-a-lei/

Como você pode ajudar?


1) Compartilhe o conteúdo:
Instagram: https://www.instagram.com/p/CCvioV7hUzD/
Twitter: https://twitter.com/greenpeacebr/status/1284099267360104448?s=21
Facebook: https://www.facebook.com/GreenpeaceBrasil/posts/10157511525002543

 

2) Assine e compartilhe o abaixo-assinado: https://www.greenpeace.org.br/todos-pela-amazonia