O Agro não é POP!

Mariana Faria Anfitriã do Conexão Verde • 4 Novembro 2021

Dificilmente alguém não conhece as imagens coloridas e modernas da campanha "Agro é pop", transmitidas na rede Globo desde 2016 e que passam uma ideia do agronegócio como o motor do país: a "riqueza do Brasil". 

De acordo com a pesquisa, O Agro não é tech, o Agro não é pop e muito menos tudo, da Associação Brasileira de Reforma Agrária (Abra) em parceria com a FES Brasil.  O setor fomenta a desigualdade, que faz com que atualmente 55% da população não tenha certeza se terá o suficiente para se alimentar no dia seguinte. 

 Não temos dúvidas que a ideia é fazer com que o brasileiro tenha orgulho de algo que seria “do Brasil”, porém, algo do qual ele não necessariamente se beneficia, pelo menos de maneira direta ou efetiva. Assim, cabe perguntar: e o orgulho do brasileiro em relação às universidades, à ciência, ao SUS, por exemplo? Há em curso processos de destruição e/ou de deterioração, que atingem tudo o que pode tirar da miséria o brasileiro.

Precisamos de políticas de fortalecimento da agricultura familiar e/ou da agricultura orgânica; que dá possibilidade de existência a outras culturas, em suas formas de se relacionar com a terra.

1

Demais post: @gpbr.belohorizonte

Texto: Mariana Faria
Fonte: 
•    https://www.brasilagro.com.br/conteudo/o-agro-nao-e-pop-por-joao-rosa.h…
•    https://www.migalhas.com.br/depeso/351248/o-agro-nao-e-pop
•    https://library.fes.de/pdf-files/bueros/brasilien/18319-20211011.pdf

Arquivos