Em contrapartida à Black Friday, grupos locais exaltam Dia Mundial Sem Compras e consumo sustentável

Luana Leal Greenpeace Brasil • 7 Dezembro 2020

Olá a todes, espero que estejam bem :)

Fim de ano chegando e claro que nossos voluntas estão entrando no clima; vem ver tudo:

24/11 - Racismo ambiental, território e  necropolítica: a construção socioespacial anti negra

Ainda em clima do Dia da Consciência Negra, os voluntários e voluntárias de Brasília convidaram Marjorie Chaves, doutoranda em Política Social pela Universidade de Brasília e coordenadora do Observatório da Saúde da População Negra (PoPNegra), vinculado ao Núcleo de Estudos de Saúde Pública (Nesp/Ceam-UnB), para falar sobre racismo ambiental.  

26/11 - A agenda 2030 para o desenvolvimento sustentável da ONU é racista? 

O grupo deu seguimento à pauta de racismo ambiental e também trouxe reflexões da Amanda da Cruz Costa, mobilizadora de redes do Youth Climate Leaders (YCL), Engajamundo e empreendedora do PerifaSustentável. Além disso, Amanda é formada em Relações Internacionais e colunista da Agência Jovem de Notícias.

Entusiasta pela Agenda 2030, ela tem o objetivo de mobilizar jovens para a construção de um Brasil inclusivo, colaborativo e sustentável, através das redes.

A Agenda 2030 é um acordo global da ONU para o alcance do desenvolvimento sustentável, considerando fatores sociais, ambientais e tecnológicos. Essa Agenda é muito importante para o ativismo ambiental e entendê-la a partir de um recorte de raça é essencial para construir uma luta ambiental potente e inclusiva.

Grupo que relaxa junto, permanece junto! 

Nossos voluntas de Brasília estão a todo vapor nas mobilizações, e para dar aquela pausa para o descanso, que também é importantíssima, o grupo se reuniu online para uma aula de yoga <3

A convidada e guia da aula foi a professora Bruna Maculan, que possui mais de 15 anos de experiência, tem especialização em Yogaterapia Hormonal, Yoga para crianças e jovens na Educação; Atenção Plena e Educação Emocional para crianças e jovens. 

O grupo do Vale do Itajaí, ainda em formação, se mobilizou nas redes sociais para falar sobre a importância de preservarmos a Amazônia <3

Se você é brasileiro(a) e acha que não tem um dia sequer de paz, imagina só o meio ambiente, que tem diariamente um monte de humanos tomando atitudes irresponsáveis que acabam com o clima?

Pois é! Se você é daqueles que querem mudar alguns hábitos pelo bem do ecossistema, se liga no conteúdo incrível que o grupo de Belo Horizonte produziu:

E para adicionar ao seu catálogo de filmes assistidos em 2020, e claro, ter aquela indicação como carta na manga pra mandar para os amigues, família, crushes etc, o grupo de Belo Horizonte recomendou o documentário brasileiro “A Lei da Água - Novo Código Florestal”,  que mostra a relação entre as mudanças do novo código florestal e a crise hídrica do país.


 

24/11 - Dia do Rio 

Já dizia Chitãozinho & Xororó,

“Rio que não tem carinho

Qualquer dia desses vão te dar valor

Nasce limpo e morre sujo

Envenenam tudo, até o próprio amor”.

Por isso, a data é uma oportunidade para refletirmos sobre a escassez da água, assim como a preservação e proteção dos recursos naturais. Vem ver o que os grupos de João Pessoa e Zona da Mata Mineira prepararam para o dia:

O Brasil é um país privilegiado em recursos hídricos. Contudo, os brasileiros e brasileiras já começaram a passar por situações que mostram a importância em rever a maneira como os rios têm sido tratados.

Nas últimas décadas, o desmatamento de encostas, das matas ciliares, o uso inadequado dos solos e o despejo de esgoto sem tratamento têm contribuído para a diminuição dos volumes e da qualidade da água, um bem natural insubstituível na nossa vida.

Todos nós podemos ajudar a preservar os rios, basta: economizar água, nunca jogar resíduos nos ralos de casa ou da rua, fazer o descarte adequado de lixo, fazer o despojo correto de gorduras e óleos, evitar utilizar quantidades elevadas de produtos químicos e denunciar vazamentos e descartes inadequados de lixo.

Também precisamos que nossos gestores públicos invistam em políticas de manejo de esgoto de forma mais assertiva. 

Faça a sua parte na sua casa e você já estará contribuindo para o planeta. <3

28/11 - Dia Mundial Sem Compras 

O Dia Mundial Sem Compras trata-se de um momento internacional de protestos contra o consumismo. Propositalmente, a data é comemorada sempre no último sábado de novembro, dia seguinte à Black Friday. Vem ver o que o grupo de João Pessoa, ainda em formação, falou sobre o assunto: 

O movimento, que surgiu no Canadá em 1992 e foi criado pelo artista Ted Dave, tem como objetivo incentivar as pessoas a refletirem sobre seus hábitos de consumo e repensarem os mesmos de modo consciente e sustentável.

Todo consumo gera impactos - sejam eles positivos ou negativos. Essas consequências vão desde a economia, relações sociais, até a natureza. É importante termos autoconsciência enquanto consumidores, para aumentarmos os impactos positivos em nossas escolhas.

A mega produção predatória é nociva ao nosso planeta e a voracidade humana pelo consumo é superior à capacidade regenerativa dos recursos naturais da Terra.

Os voluntários e voluntárias de Salvador aproveitaram a semana para falar sobre a Ecoesão Em Ação:

“Se você passar por alguns pontos turísticos da cidade e ver essas expressões de cidadania, não se assuste!

Estamos ajudando uma campanha para que o prefeito ACM Neto assine o decreto que transforma o Vale Encantado em uma área de refúgio ambiental. Pode parecer distante de nós, mas é a natureza que está sendo ameaçada, e isso afeta a todos, tanto desta quanto das futuras gerações.”

Para dar maior visibilidade à ação, o grupo tem pedido que as pessoas que compactuam com o protesto façam posts nas redes sociais com a #AssinaNeto.

Então é Natal… e o que você fez? 

Não sei você, mas eu fiz muitas receitas gostosas e saudáveis dos nossos voluntas. E adivinha? Tem mais para hoje: 

Torta salgada com arroz e grão de bico - Recife <3

Rabanada vegana - Belo Horizonte <3

Fim de ano chegando, todo mundo fazendo retrospectiva… Mas o grupo de BH já é pioneiro no assunto, com nossos amados #TBT´s <3

Falando neles, o dessa semana é de 2011, quando os voluntários e voluntárias do grupo fizeram uma mobilização contra as mudanças do Código Florestal.

A intenção era chamar a população a conhecer mais o assunto e participar do movimento para garantir que qualquer mudança na atual legislação ambiental mantivesse o seu caráter de proteção das florestas brasileiras.

As pessoas que passavam pelo local encararam o movimento com bom humor. Assinaram a petição que fora enviada aos senadores e ainda posaram para fotos, manifestando seu apoio à campanha.

Além de realizar palestras em faculdades e entregar folhetos às pessoas nas ruas, os ativistas estenderam banners em importantes pontos turísticos da cidade, como a Pampulha e a Praça da Liberdade, com a frase “Senado, desliga essa motosserra”.

Seguiremos atualizando e apoiando os grupos, afinal, estamos todes juntos nessa :)