Urgente: Declaração que põe fim o Termo de Ajustamento de Condutas nas Dunas do Cocó

Jéssica Santos • 3 Fevereiro 2021

Ontem, 2 de fevereiro de 2021, ocorreu a anulação da TAC (Termo de Ajustamento de Conduta), um acordo entre a Prefeitura de Fortaleza com a ACECOL (Associação Cearense dos Empresários da Construção e Loteadores). 

Esse termo era um instrumento que as empresas do ramo da construção civil, utilizavam como argumento de quê poderiam destruir a ARIE. Em outras palavras, seria um incentivo a destruição em uma das Dunas de Fortaleza, onde habita mais de 200 espécies de vegetação e lugar de refúgio para centenas de animais.

Essa conquista só foi possível devido a todo movimento ambientalista e pesquisadores de Fortaleza, em especial, ao presidente da Comissão de Direito Ambiental da OAB/CE, o Prof. Dr. João Alfredo Telles Melo, responsável pela criação da Lei Municipal nº 9.502/2009: Área de Relevante Interesse Ecológico (ARIE) das Dunas do Cocó, há quase 12 anos. E a você que se mobilizou para divulgar esta causa. 

As Dunas do Cocó já passaram por muitos impactos devido às queimadas, construções indevidas, degradação e abandono. Elas fazem parte do equilíbrio ecológico da cidade e carregam uma história milenar. Além de contemplar uma paisagem rica em fauna e flora.

Uma conquista como essa, onde a participação social tem voz e é ouvida, nos motiva a continuar lutando por uma cidade mais verde e uma sociedade mais consciente sobre a natureza. 

 

Comunicação do Greenpeace Fortaleza

Texto: Jéssica Santos

Revisão: Daniel de Paula

Imagem: Amanda Nuit