Veganismo além da luta animal: um estilo de vida em defesa do meio ambiente

O Veganismo como entendemos é um posicionamento ideológico a respeito do consumo e exploração da vida animal, mas está além disso. Unida a luta contra a exploração animal e seu consumo, podemos aliar também a luta ambiental, especialmente contra as mudanças climáticas que está intrinsicamente ligada.

Estamos vivendo um dos períodos mais complicados da humanidade, onde o consumo dos recursos naturais estão bem mais além do que a terra pode suportar. Como consequência desse consumo exagerado, temos alterações climáticas, mudança do solo e das águas.

Agora o que tem a ver o consumo de carne com a luta contra a mudança climática?

Tem tudo a ver. Vamos pegar como exemplo os bovinos. Existem cerca de 1.5 mil milhões de bovinos no mundo, cada um produzindo cerca de 30 a 50 galões de metano por dia, a produção de grãos para o consumo animal também é um fator que influencia no desmatamento, como também o desmatamento para abertura de pasto para que os animais possam ficar e se alimentar.

Com a diminuição do consumo de produtos animais, podemos criar um impacto nem que seja mínimo nesses resultados, como diz o velho ditado, é com trabalho de formiguinha que iremos conseguir uma mudança mais efetiva.

E como causar esse impacto?

Levando informação e conhecimento para a grande massa da sociedade, mostrando que existe possibilidade de mudar a alimentação de maneira simplificada, desconstruindo a ideia que alimentação livre de exploração e abuso de recursos naturais é algo caro.

A criação de hortas comunitárias e acesso a informação sobre os impactos que estão sendo causados é algo de grande importância nessa luta.