Em referência à Década dos Oceanos, voluntários indicam filmes e relembram mobilizações

Luana Leal Greenpeace Brasil • 9 Abril 2021

Oi gente, como vocês estão?

Depois de uma semana sem atualizações, vem ver tudo o que tem rolado entre nossos voluntários e voluntárias: 

Para abrir o quadro de curiosidades, o grupo de Bertioga falou sobre a década dos oceanos, que foi instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) como a Década da Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável. Bacana, né? 

Vem saber mais sobre o assunto com os voluntas <3

Na sequência, os voluntários e voluntárias de Belo Horizonte falaram sobre responsabilidade ambiental. 

Se liga em algumas dicas para o dia a dia: 

  • Reciclar lixo;
  • Economizar água;
  • Dar preferência aos transportes públicos, ajudando assim na diminuição da liberação de gases poluentes;
  • Evitar o uso de sacolas plásticas;
  • Diminuir o consumo de carne e produtos de origem animal.

Lá no instagram oficial do grupo você encontra ainda mais dicas, inclusive para empresas e grandes organizações.

Agora voando lá pra Salvador, vem ver o conteúdo que o grupo local produziu essa semana: 

Quais são as áreas de risco e os eventos extremos de salvador? 

Seguindo no caloroso nordeste, o grupo de João Pessoa, ainda em formação, produziu um vídeo simplesmente incrível sobre a fonte da vida. Os voluntas reuniram imagens de arquivo com uma narração poética para falar sobre a importância da água para o planeta e para nós. Não preciso nem dizer que vale muito a pena conferir, né? <3

Deixa eu te perguntar, você conhece Jacarapé? 

É uma das maiores áreas verdes da Paraíba, e fica localizada lá em João Pessoa. Apesar de ser uma das poucas áreas restantes de Mata Atlântica do estado, a região está sendo ameaçada pela construção de grandes empreendimentos para efetivar a implantação do Distrito Industrial do Turismo do Estado da Paraíba, o Polo Turístico do Cabo Branco, que irá desmatar 654 hectares de floresta, o que equivale a 605,5 campos de futebol.

O grupo de João Pessoa fez um conteúdo completo contando tudo sobre o caso e formas de ajudar. Não deixe de conferir :) 

Falando em impactos ambientais, o grupo de Zona da Mata, também em formação, listou 4 deles que são causados pela construção de hidrelétricas: 

Em Manaus, o grupo aproveitou as pautas que estão bombando na internet para relembrar a importância de falarmos sobre racismo ambiental. Vem ver tudo: 

Lembra que o grupo de Bertioga começou a semana falando sobre a década dos oceanos? Então, para todes se aprofundarem no assunto, os voluntários e voluntárias organizaram uma live com o tema “Pandemia de plásticos no Oceano”. O convidado da vez foi João Malavolta, que é jornalista, e cofundador do Instituto Ecosurf. 

No dia 26/03, o STF retomou o julgamento da ação de demarcação da Terra indígena Guyraroka, anulada com base na tese do Marco Temporal. 

As 26 famílias Guarani-Kaiowá vivem hoje em apenas 55 dos 11 mil hectares de seu território, localizado no Mato Grosso do Sul, e mesmo esse pequeno pedaço de sua terra tradicional pode ser perdido. Isso porque, em 2014, a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) anulou a demarcação da terra Guyraroka, com base na tese do Marco Temporal. 

Para explicar sobre a gravidade do assunto e a importância de nos mobilizarmos pela causa, o grupo de João Pessoa fez posts nas redes sociais. 

Ainda na pauta sobre direitos indígenas, o grupo de Fortaleza contou a história do povo Tapeba, lá do Ceará, que teve suas terras apropriadas por fazendeiros e agora tentam sobreviver às margens dos direitos fundamentais. Vem ver tudo no insta oficial do grupo :) 

Em Recife, o grupo segue na divulgação da campanha Floresta Sem Cortes: 

27/03 - Hora do Planeta 

Como muitos devem saber, a Hora do Planeta é um movimento global promovido pela WWF desde 2007 com o objetivo de chamar a atenção para as questões ambientais e reafirmar o compromisso de cada um na luta contra o agravamento da crise climática, pois acreditamos que juntos é possível.

Nesse contexto, os grupos de Salvador, João Pessoa e Fortaleza usaram suas redes sociais para chamar todes para a ação. 

29/03 - Aniversário de Salvador 

Para celebrar os 472 anos de história, o grupo local compartilhou nas redes sociais fotos e uma reflexão sobre como o meio ambiente vem sendo tratado na cidade e no que isso implica para o futuro da população. 

30/03 - Dia mundial da Juventude 

Nossos jovens constituem um dos recursos humanos mais importantes para o desenvolvimento do país e podem ser atores sociais de mudanças positivas na sociedade. Por isso, o grupo de Belo Horizonte aproveitou a data para falar sobre o impacto da juventude na luta contra a crise climática. Se liga:  

Ai que saudade que eu tava dele: o cine debate! 

Adeptos ao estilo virtual, o grupo de Zona da Mata se reuniu para conversar sobre o filme Catching The Sun. Ficou curiosx? Aqui tem o trailer :) 

Os oceanos dominaram os tópicos dessa semana. Não diferente, também vieram fazer sucesso pelas dicas dos nossos voluntas. 

Para começar, o grupo de BH divulgou uma lista de filmes (sim, perfeita pra maratonar durante o fim de semana) sobre a temática, que você encontra na íntegra aqui :) 

O filme Seaspiracy: Mar vermelho, que estreou há pouco na Netflix, também foi sugerido pelo grupo de Salvador:

E pra sair do mar e ir até a feira, faculdade, trabalho, restaurante, etc, os voluntas de Goiânia mandaram avisar que são elas, Brasil: as ecobags! Estilosas, sustentáveis e práticas, elas são capazes de substituir, em média, 500 sacolas plásticas por ano.

E como o grupo não faz serviço pela metade, já veio junto uma indicação de livro para você carregar na sua ecobag: “O amanhã não está à venda", de Ailton Krenak, um autor indígena brasileiro. 

Voltando para a sessão verde que a gente adora, o grupo de Recife indicou os documentários "Cowspiracy" e “Happy”, para complementar a programação de Belo Horizonte. Sem desculpas para sair da frente da televisão essa semana, hein? Haja pipoca ;) 

A primeira história dessa semana, trazida pelo grupo de Recife, é sobre as mulheres indígenas da comunidade Saparam. Elas se uniram em torno de uma causa muito importante na Amazônia equatoriana, e juntas cultivaram cerca de 150 mil árvores de espécies nativas e medicinais, cobrindo 100 hectares da floresta. Vem conferir a história completa :) 

A segunda história de hoje é sobre uma empresária e engenheira queniana, Nzambi Matee, que tem como objetivo transformar o plástico destinado ao aterro sanitário em material de construção forte e sustentável. Sua empresa, a Gjenge Makers, usa o lixo plástico de instalações comerciais para criar tijolos que podem suportar o dobro do peso limite do concreto. Fala sério, incrível, né? O desenrolar dessa história você encontra aqui :) 

Uma das melhores formas de autocuidado é alimentação saudável, né? Ainda mais quando ela conta com praticidade e sustentabilidade - e disso nossos voluntas entendem. Então vem ver os pratos da semana: 

Bolo de legumes - Porto Alegre <3

Rolinho de repolho roxo com arroz - Salvador <3

Mousse de chocolate - Salvador <3

Batalhoada - Goiânia <3

Leite vegetal - Recife <3

Carne de casca de banana - Zona da Mata <3

A primeira lembrança da semana veio de Belo Horizonte e é de uma ação pelo clima que rolou lá em março de 2019 <3

A segunda também é do grupo mineiro, mas dessa vez é em homenagem à década dos oceanos. O grupo relembrou uma série de vídeos postados que mostravam os sons emitidos pelos animais marinhos <3

E pra fechar com chave de mel, o grupo de Recife relembrou uma ação pelas abelhas, realizada em 2019 <3

Seguiremos atualizando e apoiando os grupos, afinal, estamos todes juntos nessa :)