MARCO TEMPORAL NÃO

Larissa Batista Facilitadora de Belo Horizonte • 1 Setembro 2021

O STF voltou a pautar hoje o Marco Temporal, uma tese defendida pela bancada ruralista que diz que os povos indígenas só têm direito as terras em que estavam no dia 05 de outubro de 1988, data em que a constituição federal entrou em vigor. Essa tese é mais uma tentativa de ataque ao direito e a vida indígena, não aceitaremos. 

MARCO TEMPORAL NÃO! #DemarcaçãoJá #MarcoTemporalNão