Mês de abril termina com mobilização indígena, Cúpula do Clima e aniversário do Greenpeace BR

Luana Leal Greenpeace Brasil • 3 Maio 2021

Oi gente, espero que estejam bem. No super girão dessa semana teve de tudo. Pra não ficar por fora de nada, vem ver o que nossos voluntas maravilhosos fizeram: 

Apesar de ter acontecido na semana passada (19), o Dia dos Povos Indígenas gerou tantas mobilizações que, no decorrer desta semana, ainda rolou muito conteúdo bacana. Vem ver tudo: 

Por que o uso do termo índio é inadequado? Belo Horizonte te conta!

O grupo convidou as indígenas Avelin Buniacá Kambiwá e Tamanawara Krenak para responder uma série de perguntas com a temática da data. 

Para mostrar itens significativos para seus respectivos povos, os voluntas convidaram  Wakrewa Krenak, Tamanawara Krenak e Avelin Buniacá Kambiwá:
 

Tita Canoeiro Maxakali e Irene Flores foram as escolhidas para compartilhar a história de suas culturas e relações com o ativismo: 

E também teve mobilização com cartaz! Tamanawara Krenak, Avelin Buniacá Kambiwá e Wakrewa Krenak participaram da ação virtual: 

Para finalizar, o grupo indicou alguns perfis de ativistas indígenas: 

Agora vem ver o que rolou pelo resto do Brasil: 

Brasília <3

Porto Alegre <3

Fortaleza <3

Na sessão dele, George, O Curioso, rolou de tudo um pouco. Vem aprimorar seus conhecimentos gerais com uma salada de informações: 

Qual é a relação entre as pessoas que formam a sociedade e sua atuação como defensoras ou não do meio ambiente? - Belo Horizonte 

Mudanças no uso da terra - Tudo sobre a mineração! - Salvador 

Depois dessa contextualização, o grupo já aproveitou para engatar em um papo sobre os impactos socioambientais da prática: 

Seguindo com os pés no chão, Salvador falou sobre a importância da conservação do solo:

Recife também falou sobre o tema:

Agora mudando do chão para o céu, o grupo de Zona da Mata, que ainda está em formação, contou pra gente 5 características sobre a energia solar:

E não para por aí, viu? O grupo está arrasando nos vídeos autorais e também fez um TikTok do assunto:  

Ainda falando de energia, o grupo também fez conteúdo sobre a eólica: 

Você sabia que é possível transformar resíduos orgânicos vegetais (biomassa), como carvão, lenha, bagaço de cana-de-açúcar, casca de arroz e até resíduos urbanos e industriais em energia elétrica? Pois é! Nossos voluntas mineiros estão a todo vapor nas curiosidades:

A grande questão que vem sendo impulsionada pelos grupos locais e outras organizações é: Amazônia ou Bolsonaro?

Um possível acordo financeiro entre os governos dos Estados Unidos e do Brasil, e posicionamento do governo Biden, como cúmplice da destruição ambiental do governo Bolsonaro, gerou polêmica nas redes sociais. 

Não à toa, sem participação da sociedade, essa negociação pode gerar impactos dramáticos para a Amazônia e seus povos. Em defesa da floresta e da vida, diversas lideranças indígenas e do campo, ambientalistas, artistas e parlamentares vêm discutindo sobre o assunto.

Os grupos de Belo Horizonte, Fortaleza, Goiânia e Bertioga pressionaram pela mudança: 

Em São Paulo, os voluntas utilizaram um jeito diferente de mobilizar. Juntes, eles fizeram a trend “Transformando os desastres ambientais de Bolsonaro em frases motivacionais”, do TikTok, para mostrar como não podemos confiar em Bolsonaro: 

Na última semana também teve Cúpula do Clima, e quem fez a cobertura completa do que rolou, além de encaminhamentos e possíveis problemáticas, foi a volunta Grazi, de São Paulo: 

Ativista no Brasil não tem um dia sequer de paz, né? 

Pegando carona no discurso mentiroso de Bolsonaro na Cúpula do Clima, o presidente da Câmara dos Deputados Arthur Lira prometeu colocar em pauta projetos de lei que ele vende como bons para a sociedade, mas que, se aprovados, irão fazer estragos na Amazônia e em outras regiões do país: o PL da Grilagem e o PL do Licenciamento Ambiental.

É inadmissível que seja discutido qualquer tema que não esteja diretamente ligado a solucionar a crise sanitária que se instalou no país. Todas as atenções do Parlamento precisam estar voltadas para salvar vidas, não para ameaçá-las ainda mais.

Para frear esse trator ruralista, os grupos de São Paulo e Salvador fizeram posts nas redes sociais. 

15/04 - Dia Mundial da Conservação do Solo 

Para dar sequência aos posts que vêm rolando sobre o assunto, o grupo de Bertioga produziu conteúdo na data: 

21/04 - Aniversário de Brasília 

No aniversário de 61 anos da cidade, o grupo local prestou homenagem nas redes sociais, contando um pouco da história e, claro, trazendo aspectos e preocupações ambientais: 

22/04 - Dia da Terra 

Celebrado pela primeira vez em 1970, o dia 22 de abril marca o momento no qual milhões de pessoas se juntaram para protestar e demandar ações efetivas dos governos com relação à crise ambiental. 51 anos depois, seguimos enfrentando inúmeros retrocessos e lutando para que essa data possa ser celebrada por muitos mais anos. 

Vem ver como foram as mobilizações pelo Brasil: 

Bertioga 

Brasília

Fortaleza 

Para comemorar esse dia com ação, a voluntária Vitória Ricarta deu uma dica de como reutilizar embalagens plásticas para fazer sua sementeira e cultivar seus próprios alimentos em casa <3

Recife

O grupo também compartilhou um vídeo incrível, com falas de pessoas de todo o mundo: 

Porto Alegre 

O grupo local também optou pela mobilização em vídeo, e fez um super fofo com os voluntas <3

Zona da Mata

 

E mais vídeo! O grupo fez um TikTok falando sobre ações do dia a dia que fazem bem para o planeta <3

26/04 - Aniversário Greenpeace Brasil 

Hoje vai ser uma festa, bolo e guaraná, muito ativismo pra você! 

Nossa casa fez aniversário, e os filhos (grupos locais de voluntas) fizeram a festa nas redes: 

Brasília & Goiânia

 

Salvador 

Zona da Mata

 

Teve TikTok de Belo Horizonte:

E pra fechar com chave de ouro, os voluntários e voluntárias ainda postaram um vídeo super fofo cantando parabéns para a Organização <3

Maré de Consciência - Bertioga <3

O grupo convidou Guilherme Bertuzo, biólogo que foi liderança ambiental pela ONU 2019, para falar sobre o cuidado com os oceanos e sua importância para o planeta.

O grupo também organizou um aulão para falar sobre solo, lá no canal do Youtube do Conexão Verde. Você confere como foi o papo aqui :) 


 

26/04 - Live sobre Segunda Sem Carne 

O grupo de Recife, representado pela voluntária Bruna Sampaio, convidou a Camila Freire, que é nutricionista especializada em vegetarianismo, para bater um papo e tirar dúvidas sobre o movimento de alimentação saudável. 

 

Mais uma semana com histórias inspiradoras vindas do quadro especial de Recife:

A primeira é a história do casal de cinegrafistas Dereck e Beverly Joubert, que fazem um papel de multiplicar as vozes da vida animal através das lentes. Os esforços feitos por esse casal ampliaram a conservação de áreas naturais no continente africano, acredita?

A segunda é sobre o site Tree.fm, que criou a possibilidade das pessoas ouvirem os sons mais pacíficos do planeta sem precisarem sair de suas casas.  

O Oscar desse ano já passou, mas por aqui a gente fala de filme e meio ambiente o tempo todo, né? 

Pra assistir e refletir essa semana, temos algumas indicações: 

Recife - Wall-E :) 

Recife - Xingu :)

Goiânia - Cowspiracy :)

 

Zona da mata - É tudo verdade :)

E para pessoas que menstruam, o grupo de Goiânia também falou sobre os impactos ambientais que o uso de absorventes plástico traz, e aproveitou para indicar o coletor menstrual: 

 

Pra você que, assim como eu, já estava com saudades do cardápio dos nossos voluntas, se prepara! Essa semana foi recheada de delícias. 

Para começar, o grupo de Bertioga ensinou a montar um prato sem carne, saudável e equilibrado: 

E para colocar na prática a montagem desse prato, vem pras receitas: 

Curry de lentilha - Salvador <3

 

Snack de grão de bico - Salvador <3
 

Pão de banana - Salvador <3

Panqueca de banana - Recife <3

Carne de casca de banana - Goiânia <3

Quibe vegetariano de forno - Zona da Mata <3

Seguiremos atualizando e apoiando os grupos, afinal, estamos todes juntos nessa :)