No Dia Mundial das Tartarugas Marinhas, voluntas lançam gincana para incentivar sustentabilidade

Luana Leal Greenpeace Brasil • 24 Junho 2021

Oi gente, espero que estejam bem. Bora pra mais um girão? 

Pra começar esse girão agregando informações novas à cachola, vem ver o conteúdo que o grupo de São Paulo preparou sobre biopirataria: 

O grupo também trouxe dados sobre o desmatamento na Amazônia em 2021: 

Para se ter noção da gravidade dos dados divulgados, a pesquisa do Inpe também apareceu em destaque em Goiânia: 

Em Zona da Mata, o grupo, que ainda está em formação, falou sobre a crise climática e trouxe dados sobre a emergência hídrica no Brasil: 

15/06 - Aniversário de Itajaí 

E o parabéns dessa semana foi para o Vale do Itajaí, que completou 161 de emancipação! O grupo local prestou homenagem nas redes: 

16/06 - Dia Mundial das Tartarugas Marinhas

As Tartarugas Marinhas são animais pré-históricos que estão no planeta há pelo menos 120 milhões de anos, sabia? Elas conviveram com os dinossauros e resistiram a todas as mudanças que os levaram à extinção, há cerca de 65 milhões de anos. São um símbolo de resiliência que tem inspirado diversas culturas pelo mundo, e é nosso dever mobilizar a comunidade para conscientização e preservação dessa espécie.

Vem ver o que os grupos locais preparam para a data: 

Belo Horizonte:  

Em BH, o grupo divulgou uma gincana lançada pelo @minaspelofuturo, juntamente com a @eclipsecologicos. O objetivo era incentivar os seguidores e seguidoras a realizarem algum tipo de ação ambiental, ainda que dentro de casa. Quem fizesse e postasse, entraria numa disputa de votação e, a pessoa que levasse mais votos, ganharia uma ecobag e um kit de canudos de inox <3 Gentileza gera gentileza, mas mobilização também gera mobilização, né? 

Zona da Mata:  

João Pessoa:

17/06 - Dia Mundial do Combate à Desertificação

As mudanças climáticas alteram ciclos de chuva e, cada vez mais, tornam secas mais intensas e frequentes em algumas regiões do país. No Dia Mundial de Combate à Seca e à Desertificação, os grupos locais se mobilizaram para falar da importância de proteger as florestas e defender uma matriz energética limpa para o equilíbrio do clima. Vem ver tudo: 

São Paulo:

Em Recife, os voluntários e voluntárias produziram uma série de conteúdos sobre o assunto. Olha só:  

O que é desertificação? 

Por que é importante falar sobre o assunto?  

Depois do panorama, o grupo focou o debate na Caatinga:

Pra finalizar bem, os voluntas indicaram o filme “A Grande Muralha”, que também fala sobre mudanças climáticas e afins: 

O grupo de Salvador também recheou a semana com informações e começou dando uma geral sobre o assunto: 

Depois do geralzão, os voluntários e voluntárias relacionaram a desertificação com as mudanças climáticas: 

Brasília: 

João Pessoa: 

O grupo de BH organizou uma roda de conversa super bacana sobre proteção dos ecossistemas e espécies marinhas, ainda no clima de Semana dos Oceanos e Dia da Tartaruga Marinha. O bate papo rolou no canal do Conexão Verde do Youtube, e você confere a íntegra aqui :) 

Os grupos de Zona da Mata e Belo Horizonte aproveitaram as redes sociais para falar sobre a Serra do Curral. Atualmente há alguns projetos para retomar a mineração na Serra do Curral, e as organizações e a população civil estão lutando para que isso não aconteça. 

O avanço da mineração poderá trazer inúmeros prejuízos para Belo Horizonte. O barulho excessivo das operações, as explosões por dinamites, a desestabilização das rochas e a poeira gerada pelo empreendimento prejudicariam consideravelmente a saúde dos moradores da região do Aglomerado da Serra, do Taquaril e do Mangabeiras, por exemplo.

Além disso, a cidade enfrentaria uma piora da qualidade do ar, danos permanentes à paisagem e o risco à segurança hídrica da região metropolitana.

Em Salvador, o grupo alertou sobre os perigos que o desmonte do Inpe, proposto pelo governo Bolsonaro, pode acarretar:

Para finalizar, o santuário natural de Fernando de Noronha corre perigo, pois várias áreas estarão à venda para exploração de petróleo e gás na rodada de licitações previstas para outubro de 2021, o que poderá causar danos ambientais irreversíveis para a região. Na tentativa de frear a iniciativa, o grupo de João Pessoa, ainda em formação, denunciou a proposta: 

Experts nas entradas para as nossas refeições saudáveis, o grupo de Recife abriu o apetite explicando como a nossa alimentação simboliza algo muito maior do que imaginamos:

Partindo para o menu executivo do dia, temos 2 opções deliciosas:

Risoto de alho poró - Belo Horizonte <3

Conchas recheadas - Salvador <3

De sobremesa, para matar a saudade de uma festa junina, temos canjica vegana - receita lá de Zona da Mata <3 

Seguiremos atualizando e apoiando os grupos, afinal, estamos todes juntos nessa :)