Para abrir o mês da Mata Atlântica, voluntas produzem vídeo sobre biodiversidade

Luana Leal Greenpeace Brasil • 13 Maio 2021

Oie gente, espero que todes estejam bem. 

Semana agitada, hein? Entre as redes sociais dos nossos voluntas o clima também foi tenso e cheio de mobilizações. Vem ver tudo: 

Nas conversas de ativismo o tema não foi outro: o PL 3.729/2004 bombou nas redes sociais essa semana. Se já não bastassem os milhares de mortos pela Covid-19 todos os dias e o aumento do número de pessoas passando fome no Brasil, o deputado @nerigeller quer acabar com a Amazônia e está propondo um projeto de lei que quer pôr fim ao licenciamento ambiental no país. Vem ver como os grupos se mobilizaram: 

São Paulo e ABC Paulista: 

Belo Horizonte e Salvador: 
 

Litoral Norte: 

João Pessoa: 

O grupo de BH também falou sobre outro Projeto de Lei perigosíssimo para o nosso futuro. O PL 6299/02, também conhecido como PL do veneno, desinformará o consumidor: ao retirar as sinalizações de perigo das embalagens, alterando o nome dos produtos para "defensivos agrícolas" ou "produtos fitossanitários" no lugar de "agrotóxicos", o PL apresentará os agrotóxicos como produtos benéficos, e não tóxicos. 

05/05 - Dia Mundial do Campo

Os voluntas de Belo Horizonte separaram um tempinho do dia para falar sobre essa data que, apesar de pouco celebrada, é super necessária, pois foi criada com o objetivo de alertar sobre a importância da preservação desse bioma, que fornece trabalho e sustento a inúmeras famílias, além de ser o lugar onde grande parte dos nossos alimentos são cultivados. 

Também teve domingo especial de Dia das Mães <3

Para começar, o grupo de BH convidou algumas voluntárias que experienciam a maternidade para contar sobre como é ser mãe e ativista. Vem ver que lindo:
 

Em Bertioga, os voluntas tiveram a super ideia de indicar presentes sustentáveis para dar às mães:

E o grupo de Salvador seguiu na mesma linha de união entre carinho e sustentabilidade:  

E aproveitando que acabamos de entrar no mês da Mata Atlântica, o grupo de Zona da Mata, ainda em formação, produziu um vídeo incrível para promover a conscientização sobre a temática. Os voluntas divulgarão, ao longo de todo o mês, conteúdos sobre biodiversidade e proteção de biomas. 

Para abrir as denúncias da semana, o grupo de João Pessoa, ainda em formação, compartilhou uma carta aberta ao Governo do estado da Paraíba, que pretende desmatar 654 hectares (equivalentes a 605 campos de futebol) de Mata Atlântica na cidade de João Pessoa-PB, nas proximidades da praia de Jacarapé. A região é a maior área verde urbana da Paraíba e uma das maiores do Nordeste.

A carta foi elaborada por profissionais (professores da UFPB, engenheiros ambientais, advogados, biólogos, ecológos, geólogos, veterinários, turismólogos, antropólogos e dentre outros) e estudantes pesquisadores da UFPB das mais diversas áreas, a partir da realização de estudos na mencionada área de Mata Atlântica e da análise dos documentos do projeto que foram obtidos.

Em Manaus, os voluntários e voluntárias alertaram sobre a invasão de garimpeiros em terras da aldeia Yanomami. 

Integrantes de uma facção criminosa atacaram com armas a comunidade Palimiú, na Terra Indígena Yanomami (TIY), em Roraima, no fim da manhã da última segunda-feira (10). Os indígenas revidaram com flechas e tiros de espingarda. Eles relataram que o incidente foi distinto de tudo o que já haviam presenciado antes nessa zona de conflitos. Segundo o presidente do Conselho Distrital de Saúde Indígena Yanomami e Ye´kuana (Considi-Y), Junior Hekurari, até mesmo a vestimenta dos invasores era diferente.

A reportagem apurou que os executores do ataque são ligados ao Primeiro Comando da Capital (PCC), facção criminosa de São Paulo que domina o tráfico de drogas em Roraima e já está operando em garimpos ilegais de ouro dentro do território indígena.

Se prepara que essa semana teve muito conteúdo sobre solo. Vem ver: 

O solo e as mudanças climáticas - Recife:
 

Potencial do solo no combate às mudanças climáticas - Recife: 

Vem cá, você sabe a diferença entre clima e tempo? Recife também te conta: 

Por aqui, toda semana a gente fala sobre sustentabilidade, vê filmes, coleta super dicas pro dia a dia… mas você sabe mesmo o que é ser ecológico?

O grupo de Bertioga explicou que a maneira mais simples de definir o que significa ser ecologicamente correto é dizer que é o ato de viver com intenção.

Ser ecológico vai muito além de separar seu lixo e desligar as luzes, atos que ajudam, mas são somente o básico do nosso dever enquanto cidadãos e seres viventes no planeta. Ser ecológico envolve adotar todo um estilo de vida que mude completamente seus hábitos a fim de gerar a menor quantidade de lixo possível!

Por isso, faça sempre o seu melhor! Economize água e eletricidade, plante mais árvores, opte por produtos que não consumam recursos vitais necessários por mero luxo desnecessário, proteja as fontes de água locais da sua região, escolha produtos de alta eficiência energética, evite o lixo, compre reciclados… E pra fechar, envolva-se com a comunidade por um mundo mais limpo e belo! É nosso trabalho lutar pelo mundo que temos.

 

Agora falando de Zona da Mata: o grupo está a todo vapor nas curiosidades! Vem ver as dessa semana: 

Vantagens e desvantagens da energia de hidrogênio:

Curiosidades sobre as energias renováveis:

Vai chegando o fim do girão e a gente já fica ansiosx pra saber como vamos montar a programação do fim de semana, né? Dica de filme + receitinha gostosa = ativista em paz e completo. 

Então se liga aqui, porque o grupo de Recife indicou o filme “Solo Fértil”, que traz falas de cientistas e celebridades que revelam como o solo da Terra pode ser fundamental para o combate às mudanças climáticas, assim como para a preservação do planeta.

Como couvert da nossa refeição, os voluntas de Recife preparam um conteúdo para explicar a relação entre o consumo de carne as mudanças climáticas: 

Agora sim, vamos para os pratos principais:

Feijoada vegana - Belo Horizonte <3

Cogumelo - Salvador <3 

Bolo de caneca vegano - Goiânia <3

Macarrão vegano - Zona da Mata <3

Seguiremos atualizando e apoiando os grupos, afinal, estamos todes juntos nessa :)