Salles caiu, mas a destruição continua e nossos voluntas seguem a todo vapor nas mobilizações

Luana Leal Greenpeace Brasil • 1 Julho 2021

Oi gente, como estão? 

Pra esquentar essa friaca, vem ver o que nossos voluntas incríveis estão fazendo: 

Na semana passada, o assunto não foi outro: Salles caiu! Mas infelizmente a destruição continua. 

O Brasil não podia mais ter à frente do Ministério do Meio Ambiente alguém que, de forma intencional e deliberada, agia contra a própria pasta e estava trazendo graves danos ao país. Mas mudar o ministro não garante que o governo Bolsonaro mudará seu projeto antiambiental nefasto e que vem sendo dolosamente implementado.

Por um lado, a sociedade civil recebe com alívio o pedido de demissão do ministro, após diversas investigações de desvio de finalidade de sua função, confirmando aquilo que vem sendo denunciado desde o início de seu mandato. Por outro, é evidente que a troca de peças por si só não deve mudar a estratégia do governo, agora com o novo ministro Joaquim Álvaro Pereira Leite, antigo membro da Sociedade Rural Brasileira (SRB), até então subordinado de Salles e aliado aos interesses do agronegócio.

Na mesma hora em que Salles deixava seu cargo, a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), presidida pela governista Bia Kicis, deu sua demonstração de desrespeito à democracia, à Constituição Federal, aos povos indígenas e à sociedade brasileira, e aprovou, sem debate e às pressas, o PL 490/2007, que praticamente inviabiliza demarcações de Terras Indígenas e escancara os territórios para atividades econômicas predatórias.

A saída de Salles foi tardia, mas necessária. Entretanto, a estratégia do governo para a agenda ambiental não deve mudar e, de mãos dadas com o Legislativo, vão seguir tentando avançar na desregulamentação da proteção ambiental e dos povos indígenas.

Quando a notícia veio à tona, claro que os grupos locais se mobilizaram nas redes. 

São Paulo, Belo horizonte, Fortaleza e Bertioga:

Outro assunto que infelizmente bombou nas redes sociais e gerou revolta entre os voluntários e pessoas engajadas pela causa indígena foi o Projeto de Lei (PL) 490/2007, que pode inviabilizar as demarcações de terras. Vem ver como foram as mobilizações: 

São Paulo: 

O grupo também lançou essa semana o quadro “Voluntários News”, e aproveitou a estreia para aprofundar as dimensões do PL: 

E a pauta seguiu em outros grupos: 

Belo Horizonte:  

Manaus: 

Goiânia:  

22/06 - Dia Mundial das Florestas Tropicais 

As florestas tropicais são conhecidas por sua alta diversidade biológica, elevadas taxas de evapotranspiração, solos pobres em nutrientes, altas temperaturas médias e grande quantidade de chuva. Para saber mais sobre elas e a data, vem conferir o post de Brasília: 

28/06 - Dia do orgulho LGBTQIA+

Dia de celebrar todas as formas de ser e amar, mas também de lembrar sobre a importância de resistirmos sempre e respeitarmos a vida de todes. Para entrar no clima, dá um play em Lulu Santos - Toda Forma de Amor <3 e vem ver as mensagens que rolaram pelos grupos:

São Paulo: 

Os voluntas relembraram o dia em que o grupo foi à Parada LGBT de São João da Boa Vista <3

O Cauê, um dos voluntários de São Paulo, deu seu depoimento na época: 

“Participar da Parada do Orgulho LGBTI+ como voluntário do Greenpeace foi enriquecedor. Não há sensação mais fantástica do que reunir pessoas que possuem o mesmo objetivo que você: Caminhar para uma sociedade mais justa para todxs." 

Belo Horizonte: 

29/06 - Dia do Pescador 

O grupo de Recife homenageou os trabalhadores da área e alertou para os perigos que a poluição das águas pode trazer:

Também teve aniversário de um ano de João Pessoa, grupo que ainda está em formação mas já vem dando um show de mobilizações pelas redes sociais <3

Belo Horizonte - A importância dos oceanos: 

Crise Hídrica - Zona da Mata Mineira: 

Secas e enchentes, o que têm a ver com a crise climática? Manaus te conta em um TikTok pra lá de didático: 

Impactos do agrotóxico para a nossa saúde - Goiânia:  

Como reciclar dentro de casa - Belo Horizonte: 

Esse post foi um esquenta pra semana da reciclagem, criada pelo grupo. Durante os próximos dias, os voluntários e voluntárias irão postar uma série de conteúdos inéditos sobre o assunto: 

O grupo de Blumenau, ainda em formação, começou a aparecer mais nas redes sociais, e essa semana os voluntas fizeram uma live sobre sustentabilidade. Vem ver:

Depois que o grupo de Goiânia contou pra gente o tanto de malefício que os agrotóxicos trazem pra nossa saúde, tudo o que a gente quer é comer de forma saudável, né? 

Para isso, o grupo de Salvador trouxe uma receita de yakisoba de vegetais <3

Seguiremos atualizando e apoiando os grupos, afinal, estamos todes juntos nessa :)