Voluntários agitam pressão popular contra a PL510

Luana Leal Greenpeace Brasil • 7 Maio 2021

Oi gente, como vocês estão? 

Essa semana rolou mobilização de sobra! Vem ver tudo: 

Uma das pautas que agitaram essa semana foi a mobilização contra a PL510, que daria aval para crimes ambientais, como a grilagem - ato de ocupar ilegalmente terras públicas - e não beneficiaria pequenos produtores.

Após a pressão popular, a discussão sobre o projeto de lei foi adiada, mas o engajamento continua sempre. Vem ver como foram as mobilizações virtuais pelo Brasil: 

São Paulo:

Belo Horizonte:

ABC Paulista, Litoral Norte, Rio de Janeiro, Macapá e Goiânia:

Recife:

Campina Grande e Fortaleza:

Um dia após o país atingir a trágica marca de 400 mil mortes pela Covid-19, ativistas do Greenpeace Brasil utilizaram 18 toneladas de suprimentos para formar uma mensagem de solidariedade às vítimas. 

Esse número trágico de mortes foi alcançado em 30 de abril e, no mesmo dia, lá no Encontro das Águas, em Manaus, ativistas do Green amanheceram com um protesto para lembrar que a sociedade civil tem se mantido mobilizada em reduzir os danos da pandemia, mas que o governo precisa parar de investir em medidas que beneficiem a morte e assumir sua responsabilidade em proteger a vida de toda população.

Os grupos de São Paulo, Belo Horizonte, Recife, São Luís, Manaus, Campina Grande, Goiânia, João Pessoa e Fortaleza replicaram a mensagem de solidariedade nas redes sociais. 

O que também gerou repercussão nas redes foi o curta-metragem #SalveRalph, que mostra o dia a dia de um coelho que trabalha como cobaia de um laboratório de testes, para evidenciar a crueldade do processo. Quem divulgou a campanha foi o grupo de Belo Horizonte.

Em Fortaleza, os voluntas seguem se mobilizando pela amplificação de vozes e direitos dos povos originários. Essa semana, quem protagonizou as redes foi o Povo Anacé, um dos mais conhecidos do Ceará. 

A denúncia da semana veio de Belo Horizonte. O grupo explicou sobre o acordo bilionário que o governo local fez com a mineradora Vale S/A, visando uma reparação dos danos causados pela mesma com o rompimento da barragem do Córrego do Feijão, em Brumadinho, em 2019. O governo de MG decidiu que uma parte desse dinheiro será direcionado para a construção do rodoanel, que passará por Belo Horizonte e cidades da região metropolitana. 

Entretanto, a obra resultará em um grande impacto socioambiental, pois corta a Serra Dos Três Irmãos na altura da cidade de Ibirité, passando por regiões da Fazenda Jangada e entrando na Serra Da Calçada/Parque Estadual Do Rola Moça, podendo levar a grande perda da fauna e flora locais.

03/05 - Dia do Sol

Em 03 de maio, comemora-se o Dia do Sol, uma data voltada para a valorização dessa importante estrela que possui profunda relação com a sobrevivência de todas as espécies de seres vivos da Terra.

Quem dedicou curiosidades e um post sobre a estrela foi o grupo de BH:

Quem divide aniversário com o Sol é o Pau-Brasil. Vem ver o conteúdo de Recife sobre essa planta que foi inspiração para o nome do nosso país e, desde 2004, entrou na lista de ameaçadas de extinção. 

A história que os voluntas de Recife trouxeram hoje envolve tecnologia, impressão 3D, argila e sustentabilidade. Ficou curioso(a)? Vem conferir:

Para abrir a sessão de indicações, temos o filme “A Lei da Água: Novo Código Florestal”, sugerido pelo grupo de Recife. A produção retrata a importância das florestas para a conservação das águas, explicando a relação do novo Código Florestal e a crise hídrica brasileira.
 

E para não ficar só nas telinhas, o grupo de Goiânia indicou o livro “o menino do dedo verde”: 

Os voluntas também falaram sobre os benefícios sustentáveis das escovas de dente feitas de bambu: 

Essa semana, os voluntários e voluntárias de Bertioga escolheram tirar um tempinho para sanar todas as dúvidas sobre a crise climática: 

O que são animais exóticos? Goiânia te explica!

Por aqui, a gente vive falando sobre o impacto do plástico que consumimos no dia a dia para o meio ambiente. Mas e as fraldas descartáveis, você sabe como elas afetam a sustentabilidade? Então vem ver o post de Goiânia: 

Em Zona da Mata Mineira, onde há semanas vem chovendo curiosidades sobre energia, os voluntas falaram sobre a geotérmica: 

E o grupo também fez um vídeo para falar sobre outra curiosidade! Se liga: 

Já entrando em clima de Dia das Mães, os voluntas de Recife convidaram uma duplinha de mãe e filha que trabalha com eco construção para uma live com o tema “ressignificando resíduos”. A conversa foi mediada pela facilitadora Milena Freire, e está disponível no instagram do grupo. 

Lembra que os voluntas de Bertioga fizeram um post sanando dúvidas sobre mudanças climáticas? Então, não parou por aí! O grupo também organizou uma live com o Bruno Lima, mestrando em impactos ambientais, para ninguém ter mais desculpa para não se mobilizar pelo clima! 

Abrindo a sessão mais saborosa da semana, o grupo de BH explicou por que participar da Segunda Sem Carne: 

E pra você que ainda não foi convencido sobre o impacto positivo que uma alimentação mais saudável e vegetal pode trazer, os voluntas de Recife te explicam o que sustentabilidade tem a ver com o movimento: 

Agora sim! Sei que você já está convencidx e provavelmente com fome depois de falar sobre comida. Então vem escolher seu prato do dia: 

Ramem noodles - Salvador <3

Farofa de cebola - Goiânia <3

Linguiça vegana - Zona da Mata <3 

Seguiremos atualizando e apoiando os grupos, afinal, estamos todes juntos nessa :)