Floresta Sem Cortes gera mobilização em massa entre os grupos locais

Luana Leal Greenpeace Brasil • 11 Fevereiro 2021

Oi gente, espero que estejam bem. 

Mais uma semana lotada de mobilizações dos nossos voluntas. Pra dar aquele gás no finalzinho de semana pré carnaval sem carnaval (ai, gatilho), vem ver tudo o que rolou: 

Você provavelmente já deve estar sabendo que nas próximas semanas o Congresso iniciará as discussões sobre o Projeto de Lei Orçamentária de 2021, (PLOA). Na proposta em pauta, o governo Federal sugere uma redução drástica no orçamento de meio ambiente que, na prática, irá sufocar os órgãos de proteção, deixando o Brasil ainda mais vulnerável à exploração sem limites. 

O Brasil PRECISA estar preparado para combater a destruição ambiental este ano, com um orçamento digno para os órgãos públicos de fiscalização e controle. 

Para esta política anti ambiental do governo, que anda de mãos dadas com aqueles que lucram com o desmatamento e queimadas, diversas organizações da sociedade civil estão juntas pela campanha #FlorestaSemCortes. 

E é claro que nossos voluntários e voluntárias mobilizaram-se pela divulgação da petição durante a semana. Vem ver: 

Belo Horizonte 

 

Este, assim como diversos outros vídeos e materiais que estão circulando pelas redes sociais dos grupos locais, também estão sendo disparados nos grupos de WhatsApp - que vêm se mostrando uma ótima ferramenta para não só combater as fake news, como também propagar informação de qualidade e para o bem, como é o caso do Floresta Sem Cortes. Olha só alguns materiais:   

 

Em João Pessoa, teve volunta que personalizou a divulgação: 

E na última segunda-feira (08) teve tuitaço! Os grupos de São Paulo, Porto Alegre, Manaus e Goiânia divulgaram e participaram.

Caminhos e perspectivas do consumo consciente - Zona da Mata

Não é só no Dia Mundial Sem Compras que a gente deve refletir sobre o nosso ritmo e estilo de consumo, né? 

Falar de sustentabilidade é essencial e devemos trazer essa pauta cada vez mais à tona. E que bom que temos nossos grupos locais engajados nessa <3 

O grupo da Zona da Mata Mineira convidou a voluntária Natani Oliveira, pós graduada em engenharia ambiental, para falar sobre os caminhos e perspectivas do consumo consciente. Vem ver :) 


 

02/02 - Dia de Iemanjá

Lá em Salvador, os voluntários e voluntárias aproveitaram a data para indicar opções de presente sustentável para a Rainha do Mar. Olha só: 

Já que estamos rodando o Brasil, vou aproveitar para fazer uma parada em Macapá. A cidade completou 263 anos na última quinta-feira (04). O grupo local, que vem lutando por um lugar mais justo e sustentável, prestou homenagem à cidade nas redes sociais. 

06/02 - Dia do Agente de Defesa Ambiental

Mais uma data especial para homenagear aqueles e aquelas que trabalham pela proteção do meio ambiente e pelo desenvolvimento sustentável.

Esse importante profissional é responsável por desenvolver e propor obras para a conservação, estabelecendo melhorias e soluções para o meio ambiente.

Além disso, o agente de defesa ambiental garante a educação, orientando o público infantil e adulto, sobre os cuidados para garantir a preservação do meio ambiente.

Vem ver o que os grupos prepararam para a data: 

Belo Horizonte

O grupo mineiro aproveitou a semana para lançar o primeiro vídeo de uma série de materiais que serão divulgados nas próximas semanas. Os voluntas convidaram a engenheira ambiental Mariana Lucchesi para responder às principais dúvidas sobre a profissão.  

E não foi só isso não, viu? O grupo também aproveitou a data para listar 5 ações que ajudam o planeta. Você encontra todas as dicas no instagram oficial do grupo. :) 

E teve homenagem de outras regiões do país também: 

Bertioga

João Pessoa 

Quintou com Q de quero muito uma indicação de entretenimento para o fim de semana. E você, também está afim? Então se liga no que o grupo de Belo Horizonte trouxe: 

O filme “Home”, dirigido pelo jornalista, fotógrafo e ambientalista Yann Arthus-Bertrand, conta com imagens aéreas monumentais de diversos lugares da Terra. 

A narração insere questões ambientais que dialogam com as paisagens: a evolução histórica dos seres humanos, a industrialização, a agricultura, a descoberta do petróleo, as extrações de minerais, os hábitos de consumo criados e principalmente os impactos que estamos vivendo e viveremos em decorrência disso. 

E aí, vamos? Você encontra o longa na íntegra aqui :) 

A próxima dica vai para você que sempre quis comprar menos coisas desnecessárias e poluentes. O grupo de Zona da Mata separou 5 perguntas que você pode se questionar na hora de tomar uma decisão pelo consumo consciente: 

Você sabe como o brasileiro percebe as mudanças climáticas?

Então se liga nessa pesquisa do Ibope que o grupo de Manaus divulgou: 
 

Mudando de assunto, o plástico tem sido um grande problema para o nosso planeta, principalmente para os oceanos e a vida marinha. Olha o que o grupo de Zona da Mata, ainda em formação, falou sobre isso: 

Por serem de grande durabilidade, os plásticos estão substituindo o metal, vidro, cerâmica, madeira e até o papel, estando cada vez mais presentes em praticamente tudo o que nos rodeia (embalagens, roupas, escova de dentes, celular, peças do computador etc). O problema é que, durante a produção do plástico, ocorre a emissão de gases de efeito estufa, como o dióxido de carbono (CO2), gás que mais contribui para o aquecimento global.

Além disso, os plásticos geram uma grande quantidade de resíduos no ambiente e, por serem muito resistentes, demoram muito tempo para se degradar. E é aí que mora mais um problema. Quando descartado de forma incorreta, o lixo plástico pode entupir bueiros e causar enchentes. Dessa forma, atinge o ambiente marinho e pode se fragmentar em partículas menores (microplásticos), que podem contaminar os organismos, os alimentos, o sal e até a água potável.

Para minimizar os impactos negativos que os plásticos causam ao meio ambiente, devemos repensar nossas atitudes, comprando somente o que é essencial e agir de forma adequada, reutilizando e reciclando sempre que for possível. Se cada um de nós criar hábitos sustentáveis, podemos diminuir a quantidade de lixo que é gerada e ajudar a salvar o planeta!

Quer saber mais uma curiosidade? Como voluntário(a) do Greenpeace, você se mobiliza da onde estiver, e conecta-se com pessoas de todo o Brasil que desejam as mesmas transformações para o planeta que você. Pois é, já passou da hora de você entrar para esse time! Vem <3

E o grupo de Bertioga também tem chamado todes para fazer parte:  

E para fechar com receita de ouro, deixo aqui as receitas da semana vindas dos nossos grupos, junto com uma playlist para você ouvir enquanto cozinha <3

Pipoca caramelizada - Belo Horizonte <3 

 

Queijo Mussarela - Salvador <3 

Hambúrguer vegetariano - Porto Alegre <3

Seguiremos atualizando e apoiando os grupos, afinal, estamos todes juntos nessa :)